Vereadora Eniedes Costa recebe certificado do "Seminário Nacional das Legisladoras - Mulheres no Poder" e anuncia kit que será usado na Procuradoria da Mulher de Cândido Mendes

A vereadora Eniedes Costa do município de Cândido Mendes, participou do "1º Seminário Nacional de Legisladoras - Mulheres no Poder", realizado no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana, na capital do Estado com caravanas de deputadas, senadoras, prefeitas, vereadoras, lideranças políticas e sociais do Maranhão e do Brasil. 

Recentemente, Eniedes recebeu da presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputada Iracema Vale (PSB); do presidente da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale), Diogo Moraes (PSB/PE) e da presidente da comissão de mulheres da Unale, deputada  Ju (RJ), um importante certificado, que destaca a importância de sua participação no evento.

Outra importante notícia acontecerá no dia 16 de outubro, data em que a parlamentar receberá da deputada Iracema Vale, um Kit para funcionamento da procuradoria da mulher em Cândido Mendes (onde a vereadora é presidente da comissão local).

"Parabenizo a Alema, em parceria com a Unaleas, que mobilizaram milhares de mulheres do nosso Brasil, as quais, interessadas em se aprofundar nas discussões sobre a presença feminina nos espaços de poder. Agradeço a deputada Iracema Vale pelo carinho e respeito demonstrado no evento. Sou grata a Deus pela oportunidade de presidir a procuradoria da mulher em Cândido Mendes. Dia 16 de outubro, concretizaremos esse objetivo ao receber o kit que tornará possível a implantação do órgão no município, que por sua vez, nos possibilitará de forma eficaz e veemente, a execução dos nosos direitos enquanto mulheres. E eu, na condição de representante do povo, farei o possível pelo direito e proteção de todas", finalizou Eniedes.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Câmara Municipal de Cândido Mendes cassa mandato do Prefeito José Bonifácio (Facinho)

MP avalia pedir intervenção em Cândido Mendes

Polícia prende suspeito de ser mandante da execução de guardas municipais