Unanimidade: Câmara Municipal de Vereadores de Cândido Mendes sai em defesa dos profissionais da enfermagem

A Câmara Municipal de Vereadores de Cândido Mendes aprovou hoje (14), por unanimidade, um Projeto de Lei encaminhado pelo Executivo, referente ao pagamento do reajuste do piso salarial da enfermagem, aprovado por lei federal, que passa a beneficiar também a classe local.

Na região do oeste maranhense, várias prefeituras já se adequaram a lei nacional e efetuaram o pagamento do reajuste, que passa a ser um direito.

Na sessão de hoje, os parlamentares declararam apoio a classe. O vereador Sababa Filho enfatizou: "Hoje estamos aprovando a utilização do recurso municipal (o qual já está em conta) para pagamento do reajuste salarial dos profissionais de enfermagem, estipulado em lei. Parabéns ao ex-presidente Jair Bolsonaro, que antes de sair deixou a lei sancionada, ao congresso nacional que aprovou e ao presidente Lula que mandou o recurso".

O vereador Pereira Filho comentou: "Obrigado aos profissionais da saúde presente no plenário Edson Costa, a advogada do sindicato, Dr(a) Cristina Prates e ao presidente Ronaldo. Enfatizo aos senhores profissionais, que vocês terão direitos ao reajuste correspondente a quatro meses retroativos, e na condição de parlamentar voto sim. Vocês merecem"!

A vereadora Eniedes Costa discorreu: "Vitória da saúde, vitória dos profissionais da enfermagem. Parabéns a todos vocês, são merecedores, são heróis, são guerreiros".

O vereador Presidente Josenilton, declarou: "Por unamidade, todos os parlamentares votaram sim e manifestam apoio à classe, a qual, merece reconhecimento pelo esforço e luta no dia-a-dia, nos desafios enfrentados no hospital Sofia Jorge Cruz, como também, nas UBSs da sede e zona rural, afim de, manterem a saúde da população sistematizada.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Câmara Municipal de Cândido Mendes cassa mandato do Prefeito José Bonifácio (Facinho)

MP avalia pedir intervenção em Cândido Mendes

Polícia prende suspeito de ser mandante da execução de guardas municipais