Indígenas Guajajara voltam a bloquear a BR-316, no MA, em protesto contra o Marco Temporal


Na manhã desta quinta-feira (21), indígenas da etnia Guajajara voltaram a bloquear o km 249 da BR-316 no município de Bom Jardim, no Maranhão. A ação é em protesto contra a tese do Marco Temporal, que está em julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF).

O bloqueio é no mesmo ponto que já havia sido interditado na quarta (20) e que se manteve até as 19h. Também são utilizados pedaços de madeira e pneus para obstruir os dois lados da rodovia.

No local, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) diz que a manifestação desta quinta (21) é ainda maior e que há muitas crianças e idosos no protesto, considerado pacífico.

Julgamento do Marco Temporal

O STF volta a julgar nesta quinta-feira (21) se é possível aplicar a tese do marco temporal na demarcação de terras indígenas.

A tese prevê que os povos originários só podem reivindicar terras ocupadas por eles antes da promulgação da Constituição de 1988, o que coloca ruralistas e indígenas em lados opostos.

O placar atual é de 5 votos a 2 contra a tese. Quatro ministros ainda vão votar: Luiz Fux, Cármen Lúcia, Gilmar Mendes e Rosa Weber.

Até agora, votaram a favor do marco temporal:
André Mendonça
Nunes Marques

Votaram contra o marco temporal:
Dias Toffoli
Edson Fachin
Alexandre de Moraes
Cristiano Zanin
Luís Roberto Barroso

Imagem e reportagem: G1 Maranhão

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Câmara Municipal de Cândido Mendes cassa mandato do Prefeito José Bonifácio (Facinho)

MP avalia pedir intervenção em Cândido Mendes

Polícia prende suspeito de ser mandante da execução de guardas municipais